Uma mãe de dois filhos sueca, cujo tatuador escreveu incorretamente o nome de seu filho, decidiu que era mais fácil e muito menos doloroso mudar legalmente o nome do menino do que passar por várias sessões dolorosas de remoção a laser.

Johanna Giselhäll Sandström, 30 anos, de Kyrkhult, na Suécia, apenas queria demonstrar sua devoção aos dois filhos, Nova e Kevin, ao tatuar seus nomes em seu braço. Ela visitou um estúdio de tatuagem local, disse a um dos tatuadores o que queria e começou o processo.

A mulher não notou nada de estranho sobre a tatuagem no início, mas quando ela chegou em casa e deu uma olhada mais de perto, seu coração apertou: em vez de “Kevin”, o artista escreveu errado “Kelvin”.

“Eu disse que queria que os nomes dos meus filhos fossem tatuados em mim e dei os nomes ao artista”, disse a mulher ao jornal local  Blekinge Lans Tidning . “O artista desenhou o design e não perguntou nada sobre a ortografia, então apenas relaxei e deixei que terminasse o trabalho”.

Sandström disse que ela voltou para o estúdio de tatuagem assim que percebeu o erro, mas o tatuador simplesmente riu e disse que não havia nada que ele pudesse fazer além de lhe oferecer um reembolso. Tudo o que ela podia fazer agora era ir para casa e pesquisar maneiras de reparar o dano e remover a tatuagem.

Depois de perceber que as únicas soluções viáveis ​​eram sessões de remoção a laser e cirurgia, Johanna e seu marido decidiram que seria melhor simplesmente renomear o filho. Felizmente, quanto mais eles pensavam sobre o nome ‘Kelvin’, mais gostavam disso.

“Eu nunca tinha ouvido o nome ‘Kelvin’ antes”, disse a mãe. “Não há ninguém que nomeie seu filho de Kelvin aqui. Então, quando pensei mais sobre isso, percebi que ninguém mais tem esse nome. Tornou-se único. Agora achamos que é melhor que Kevin”.

O menino tinha apenas dois anos de idade na época, então a mudança de nome não o afetou muito, mas agora que Johanna está considerando adicionar o nome de seu terceiro filho, Freja, em seu braço, ela promete ser uma muito mais cuidadosa do que a primeira vez.

Vou anotá-lo em um pedaço de papel e verificá-lo mais de dez mil vezes“, disse ela.

[Oddity Central]

Compartilhe com seus amigos!