Os canis do mundo inteiro estão cheios de animais à espera de serem adotados: para os mais jovens e mais fofinhos, muitas vezes o momento da adoção chega muito rápido; mas quando um cão idoso ou doente acaba num canil, é realmente difícil para ele encontrar uma família, e às vezes permanece ali por anos.

Longe de nós culparmos aqueles que escolhem um cachorro com base na aparência física, mas gostamos de ver que existem também pessoas que olham além da beleza ou da juventude do cão e simplesmente querem dar uma vida melhor a uma criatura infeliz. Pessoas como Steve Greig, que apresentamos abaixo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Update. Darnella has been adopted by @cartomtroy66 For the past few years on Thanksgiving I do some kind of ridiculous group video with all the dogs and Bikini feasting around the table while I wait on them hand and foot, err paw and hoof. The only real difference from our everyday life being that they are at the dining room table eating on good china instead of in the kitchen eating from dog bowls, and I let Bikini have seconds. This year I wanted to do something different to reflect one of the more important things we are reminded of this time of year, sharing with the less fortunate. Meet twelve-year-old special needs Darnella (front and center) available for adoption in Denver @maxfund . Come on……Darnella? The name alone is gold. It’s like your favorite midwestern relative that always brings her famous jello salad to the family pot lucks. Darnella has been without a home for a very, very long time. But this year she’ll spend Thanksgiving at my home instead of a cage and in my bed instead of the floor. Granted, my bed is probably just as crowded as the shelter but I think she’ll like it better here just the same. If you’re intrested in giving Darnella a forever home contact Kim at Maxfund by emailing kimberlyalisonshively@gmail.com or calling Maxfund shelter. But forThanksgiving, she’s all mine. #setanotherplaceatthetable

Uma publicação compartilhada por Steve (@wolfgang2242) em

Este homem sempre teve um grande amor por cães e por todos os animais, transmitido a ele por seus pais. Um dia, porém, ele se viu tendo que enfrentar um momento difícil: um de seus cães havia morrido. Steve sofria mais e mais a cada dia, e então percebeu que tinha que transformar essa dor em um propósito positivo. Ele decidiu ir ao canil e adotar o primeiro cão velho que ele encontrasse.

A escolha recaiu sobre um chihuahua de 12 anos chamado Eeyore, que tinha sopro no coração e caminhava mal. Como você pode imaginar, as chances de Eeyore ser adotado eram próximas de zero, então Steve levou-o para casa com ele e lhe deu um lar e o amor que ele merecia. A partir de então, sua missão começou: adotar cães com problemas.

 

 

Ver essa foto no Instagram

 

When you’ve had too much egg nog…

Uma publicação compartilhada por Steve (@wolfgang2242) em

Com o tempo, sua família se expandiu: Steve agora mora com uma dúzia de cachorros, além de um porco, galinhas, patos e gatos. Todas as manhãs ele acorda, prepara o café da manhã para todos, administra os medicamentos para aqueles que precisam deles e depois vai para o trabalho.

Todos os cães que vivem com Steve foram encontrados na rua ou adotados no abrigo, onde esperavam anos por uma família.

Hoje, graças ao coração de ouro deste homem, eles podem viver o resto de suas vidas cercados pelo amor que merecem.

Compartilhe com seus amigos!