Os Estados Unidos é um país cheio de charme e contradições – onde uma mulher de 79 anos pode arriscar ir para a prisão por alimentar gatos de rua. Foi o que aconteceu com Nancy Segula, uma mulher que está sozinha há algum tempo, que em seu tempo livre cuidava dos gatos de rua do bairro. Com o passar dos dias, os gatos passaram de 4 para 8, para depois aumentarem gradualmente. Mas os outros habitantes do bairro não gostaram da presença dessas criaturas indefesas e, alarmados, entraram em contato com o controle dos animais.

Nancy Segula é uma senhora de 79 anos que mora em Garfield Heights, Ohio (EUA). A mulher, durante os últimos anos de sua vida, teve que sofrer a perda de seus amados gatinhos e, acima de tudo, de seu amado marido. Viúva e solitária em casa, Nancy começou a alimentar alguns gatos em sua vizinhança para se sentir melhor: “Os gatos continuavam vindo para minha casa”, disse Nancy, “eu não me sentia bem, estava deprimida, então eu comecei a dar a eles algo para comer e cuidar deles. Isso me ajudou muito”.

No entanto, os vizinhos da mulher não gostaram da invasão de felinos pelas ruas de seu bairro e chamaram a polícia. Em Ohio, é proibido alimentar gatos e cachorros de rua, de modo que a mulher de 79 anos recebeu uma sentença de 10 dias de prisão e uma multa de US$ 2.000.

O filho de Nancy, Dave Pawlowski, ficou surpreso com a sentença emitida: “Vocês realmente permitirão que minha mãe, uma mulher de 79 anos, vá para a prisão? Depois de tudo o que é dito sobre o que acontece nas prisões?”.

A punição para mulher é definitivamente excessiva, mas, infelizmente, as leis do Estado parecem ser bastante rígidas em relação a casos como este. Esperamos que este pequeno pesadelo para Nancy possa ser resolvido o mais breve possível.

Compartilhe com seus amigos!